Um dos líderes da oposição ao governo da Tailândia teve sua fuga de um cerco da polícia filmada por várias câmeras de televisão nesta sexta-feira. O oposicionista fugiu descendo por uma corda do terceiro andar do hotel onde estava acampado com outros manifestantes.

Arisman Pongruangrog é um dos seis líderes ativistas que estava no hotel CS Park e que há cinco semanas vem reunindo milhares de manifestantes em protestos no país.

Nas imagens da fuga, Pangruangrog é mostrado descendo por uma corda de uma sacada do terceiro andar do hotel de luxo e chegando até um veículo no qual outros membros do movimento já o esperavam.

A perseguição foi chamada de "cena de filme de 007" pela imprensa local. A fuga de Pangruangrog e dos outros líderes dos protestos é um episódio constrangedor para o governo tailandês.

O vice-primeiro-ministro, Suthep Thaugsuban tinha anunciado na televisão que a operação, que mobilizou muitos policiais, resultaria na prisão dos líderes oposicionistas.

Os oposicionistas, conhecidos como camisas-vermelhas, estão acampados no centro da capital, Bangcoc. Eles querem eleições antecipadas e afirmam que o atual primeiro-ministro, Abhisit Vejjajiva, não é um líder reconhecido do país, pois não foi eleito por voto direto, mas pelo Parlamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.