Líder de grupo rebelde vinculado à Al Qaeda é preso no Iraque

Bagdá, 11 jan (EFE).- O Exército do Iraque anunciou hoje a prisão, em Bagdá, do líder do grupo insurgente Ansar al-Sunna, vinculado à rede terrorista Al Qaeda e responsabilizado pela morte de dezenas de iraquianos.

EFE |

Em entrevista coletiva em Bagdá, o general Qasem Ata, porta-voz do centro de operações do Exército iraquiano na capital iraquiana, afirmou que as forças de segurança prenderam o suposto comandante-em-chefe desta organização, identificado como Zaer Kazem Abdelsalman al Samerrai.

Ata explicou que a prisão aconteceu no dia 18 de dezembro no bairro de Yarmouk, no oeste de Bagdá.

Segundo Ata, Samerrai reconheceu seu envolvimento em vários ataques e afirmou ter facilitado a entrada de insurgentes, provenientes de outros países Iraque.

Além disso, admitiu estar vinculado a vários líderes políticos que tentavam atrapalhar o Governo do primeiro-ministro Nouri al-Maliki e suas conquistas na área de segurança.

Ata não revelou os nomes dos políticos que supostamente colaboraram com Samerrai.

Além disso, Samerrai confessou a autoria do assassinato de 17 policiais na região de Muqdadiya, na província de Diyala. EFE ah/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG