TEGUCIGALPA (Reuters) - O líder do governo de facto de Honduras disse na terça-feira à noite que está disposto a negociar com o presidente deposto Manuel Zelaya se ele reconhecer a legalidade da eleição presidencial marcada para novembro. Vou falar com qualquer pessoa, em qualquer lugar, a qualquer hora, incluindo com o ex-presidente Manuel Zelaya, disse Roberto Micheletti em comunicado lido por um assessor.

(Reportagem de Gustavo Palencia e Anahí Rama)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.