O líder do partido de extrema direita Israel Beitenu, Avigdor Lieberman, está bem cotado para ser o ministro das Relações Exteriores do próximo governo do país, que será comandado por Benjamin Netanyahu, afirmou uma fonte do Likud.

"Há muitas possibilidades de que Avigdor Lieberman assuma a direção das Relações Exteriores", declarou à AFP esta fonte do partido de Netanyahu que pediu anonimato.

No entanto, fez questão de destacar que até o momento nada foi decidido e que estão acontecendo "conversações discretas" para a distribuição dos ministérios.

Dentro do Likud, a nomeação de Lieberman como chanceler esbarraria na oposição do ex-chanceler Sylvan Shalom, que deseja voltar ao cargo.

O Israel Beitenu, que se tornou a terceira força política do país nas eleições legislativas de 10 de fevereiro, teria recebido a promessa de assumir três ministérios chaves (Defesa, Finanças e Relações Exteriores).

ms/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.