Líder de extrema direita apoia governo de Netanyahu

O líder da extrema direita de Israel, Avigdor Lieberman, decidiu apoiar o chefe do Likud, Benjamin Netanyahu, na formação do próximo governo israelense, depois das eleições legislativas de 10 de fevereiro, informou a rádio militar.

AFP |

Lieberman anunciará oficialmente a decisão durante o encontro com o presidente Shimon Peres, que nesta quinta-feira concluirá as consultas para designar quem tem mais chances de formar o próximo governo.

Segundo um comentarista político da emissora, Peres vai atribuir a Netanyahu a formação do governo, já que ele pode reunir o apoio de 65 dos 120 deputados do Parlamento unicameral.

Tzipi Livni, líder do partido de centro Kadima, que elegeu 28 deputados, um a mais que o Likud de Netanyahu, tem apenas o apoio do próprio partido.

Depois de se reunir na quarta-feira com Livni e Netanyahu, Peres se encontrará nesta quinta-feira com os líderes dos demais partidos e após as consultas deve anunciar sua decisão no domingo ou segunda-feira, segundo a porta-voz da presidência, Ayelet Frish.

Como o Israel Beiteinou de Lieberman elegeu 15 deputados, em uma Câmara de 120, o apoio deste partido é decisivo para a formação do próximo gabinete.

jlr/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG