Líder da Ossétia do Sul anuncia acordo para instalação de base militar russa

Moscou, 11 set (EFE).- O líder separatista da Ossétia do Sul, Eduard Kokoiti, anunciou hoje a iminente assinatura de um acordo com a Rússia para a instalação de uma base militar russa.

EFE |

"Não podemos permitir a repetição dos eventos de agosto e, por isto, em breve será assinado um acordo sobre o local de uma base militar da Rússia no território da Ossétia do Sul", declarou Kokoiti segundo a agência russa "RIA Novosti".

Kokoiti afirmou que a presença de militares russos é vital, já que "para o povo osseta é difícil enfrentar por si só a política nacionalista da Geórgia".

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, antecipou esta semana a iminente assinatura entre Rússia e as separatistas Ossétia do Sul e a Abkházia de acordos de amizade, cooperação e assistência mútua em caso de agressão exterior, similares aos quais a URSS assinava com os países-membros do Pacto de Varsóvia.

O acordo de assistência mútua abre a possibilidade de a Rússia usar as infra-estruturas já existentes ou construir novas instalações militares no território destas repúblicas separatistas, declarou.

O ministro da Defesa russo, Anatoli Serdiukov, disse na terça-feira que a Rússia acertou com a Abkházia e com a Ossétia do Sul o lugar de até 3.800 soldados russos em cada uma destas regiões.

A Rússia reconheceu a independência de Abkházia e Ossétia do Sul no dia 26 de agosto, e formalizou o estabelecimento de relações diplomáticas na última terça apesar da ampla condenação internacional. EFE io/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG