Líder da oposição japonesa tentará terceiro mandato

Tóquio, 28 ago (EFE).- Ichiro Ozawa, líder do Partido Democrático do Japão (PDJ), principal força de oposição japonesa,anunciou hoje que voltará a se apresentar como candidato para presidir seu partido pela terceira vez consecutiva, informa a agência Kyodo.

EFE |

Ozawa tomou esta decisão depois que outros possíveis candidatos do PDJ expressaram o desejo de não se opor ao dirigente do partido, concedendo assim a unidade necessária para as eleições ao Parlamento.

O próximo presidente da oposição seria também o candidato a primeiro-ministro nas eleições presidenciais do Japão, que serão realizadas em setembro de 2009.

Caso nenhum outro candidato se apresente para dirigir o PDJ nas eleições do partido do próximo mês, o grupo reelegerá Ozawa como líder, na convenção de 21 de setembro, sem necessidade de votação.

O apoio a Ozawa foi crescendo entre os legisladores veteranos da atual cúpula executiva do PDJ e entre organizações locais.

No entanto, os legisladores mais jovens do PDJ pediram mais candidatos na disputa para estimular um debate político dentro do partido.

Ozawa foi eleito presidente do PDJ em abril de 2006 para completar o mandato de Seiji Maehara, que deixou o cargo devido a um escândalo de difamação ligado ao caso Livedoor.

Ainda em 2006, o líder da oposição foi reeleito, e seu mandato de dois anos termina em setembro. EFE cej/fh/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG