Haia, 25 jun (EFE).- Morgan Tsvangirai, líder do principal partido da oposição do Zimbábue, o Movimento para a Mudança Democrática (MDC), deixou hoje a Embaixada da Holanda em Harare, informaram à Agência Efe fontes do Ministério de Assuntos Exteriores holandês.

O líder da oposição, que ganhou o primeiro turno das eleições em março, decidiu se refugiar na embaixada holandesa, após anunciar que não participará do segundo turno, em conseqüência da onda de repressão contra seus seguidores.

Tsvangirai denunciou várias vezes a crescente campanha de violência e intimidação lançada contra seus partidários pelo regime do presidente zimbabuano e seu adversário no pleito, Robert Mugabe.

Durante as eleições no Zimbábue, mais de 90 seguidores da oposição morreram, centenas foram detidos, foram proibidos comícios e o regime de Mugabe se nega a credenciar observadores. EFE mr/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.