Um líder da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) no Líbano e seus quatro seguranças morreram nesta segunda-feira na explosão de uma bomba na passagem de seus veículos por um campo de refugiados palestinos no sul do país.

Kamal Medhat, adjunto do representante da OLP no Líbano, morreu quando uma bomba colocada à margem de uma estrada explodiu no momento em que o comboio estava na entrada do campo e de um posto de controle do Exjército libanês, informou Munir Makdah, secretário de segurança dos 12 campos de refugiados palestinos no Líbano.

Medhat, também conhecido como Kamal Nagi, foi diretor dos serviços de inteligência do Fatah, o movimento do presidente palestino Mahmud Abbas e principal integrante da OLP.

mz-ram/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.