Líder da extrema-direita britânica quer afundar barcos dos clandestinos

Nick Griffin, o líder do partido de extrema-direita britânico BNP, afirmou na noite de quarta-feira que a União Europeia (UE), para desestimular a imigração ilegal, deveria afundar os barcos usados por ilegais e devolver os clandestinos à Líbia em balsas.

AFP |

Griffin, líder do Partido Nacional Britânico, é um dos dois membros da formação eleitos para o Parlamento Europeu em junho.

"Cedo ou tarde, a única medida que vai deter a imigração, e evitará que um grande número de africanos subsaarianos morram a caminho da Europa, será ser muito duro com os que chegam", declarou Griffin à BBC.

"Francamente, devem afundar alguns destes barcos", completou, em um aparente recado aos funcionários da UE responsáveis por combater a imigração ilegal.

Griffin negou, no entanto, desejar que alguém morra no mar.

"Podem jogar balsas e (os ilegais) poderão retornar à Libia. Deste país saem muitos africanos que querem viajar ilegalmente para a Europa", declarou.

O líder do BNP declarou que apoiará qualquer político que apresentar propostas neste sentido e fará oposição a qualquer política que leve, em última instância, à aceitação dos imigrantes ilegais na UE.

ar/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG