Líder austríaco Jorg Haider dirigia sob efeito do álcool

O dirigente de extrema-direita austríaco Jorg Haider, dirigia com uma taxa de álcool de 1,8 grama no sangue quando sofreu o acidente de carro que tirou sua vida no sábado passado, informou nesta quarta-feira Stefan Petzner, seu sucessor no partido BZOe.

AFP |

O limite autorizado na Áustria é de 0,5 grama de álcool por litro de sangue.

"É certo que o governador (regional) Jorg Haider tinha uma alcoolemia de 1,8 grama no sangue no momento do acidente", declarou Petzner, ex-braço direito do líder populista, entrevistado pela agência de notícias APA.

Petzner confirmou assim a informação da revista News, que cita resultados da necropsia do ex-governador da Caríntia (sul da Áustria).

Haider, de 58 anos, estava sozinho no carro oficial viajando pelo sul da capital da Caríntia quando o veículo saiu da estrada. O carro capotou várias vezes e Haider ficou gravemente ferido, na cabeça e no tórax, morrendo logo em seguida, a caminho do hospital.

Jorg Haider ficou conhecido mundialmente no ano 2000, quando seu então partido, o FPO, integrou o governo do chanceler conservador Wolfgang Schüssel. As palavras anti-semitas de Haider custaram vários meses de sanções diplomáticas européias à Áustria.

gg/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG