Libertados policiais sequestrados por insurgentes talibãs no Paquistão

Islamabad, 4 fev (EFE).- Pelo menos 30 policiais paquistaneses que tinham sido sequestrados por um grupo de cerca de 300 insurgentes talibãs durante um ataque contra um posto das forças de segurança no norte do Paquistão foram libertados hoje pelos sequestradores.

EFE |

Segundo o canal privado "Dawn", que cita fontes da insurgência, os agentes foram libertados depois que garantiram aos seqüestradores que deixariam seu posto de trabalho.

Cerca de 300 fundamentalistas tinham atacado um posto de controle policial nas primeiras horas da madrugada de hoje, informou horas atrás à Agência Efe uma fonte policial, que pediu para não ser identificada.

Além disso, acrescentou que um porta-voz talibã telefonou para a Polícia do Vale de Swat a fim de assumir a autoria do sequestro, e afirmou que o ataque é uma represália por causa das operações que o Exército desenvolve na região.

As forças de segurança paquistanesas aumentaram nos últimos dias a intensidade de sua ofensiva militar no Vale de Swat, cuja segurança teve uma grave deterioração desde meados de 2007.

Hoje mesmo, membros do Gabinete paquistanês se reuniram para discutir a conflituosa situação no Vale de Swat, região visitada recentemente pelo chefe do Exército, Ashfaq Pervez Kiyani.

Na terça-feira, as Forças Armadas informaram sobre a morte de entre 35 e 40 fundamentalistas durante uma operação noturna, na qual foram realizados bombardeios aéreos no vale. EFE igb-mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG