Ahur (Iêmen), 22 set (EFE).- Os dois engenheiros colombianos que estavam seqüestrados desde sexta-feira passada no Iêmen foram libertados hoje, informaram fontes oficiais.

A confirmação foi feita à Agência Efe por Yeslam Abnu Sit, diretor do distrito de Ahuar, onde estavam seqüestrados Héctor Martín e Rafael Ayala.

A fonte acrescentou que, após a libertação, os colombianos foram para a província de Shabwa, onde foram raptados e onde trabalhavam em um projeto de gás liquidificado.

"Os dois colombianos estão ilesos e atualmente vão para Shabwa a fim de voltar ao trabalho", acrescentou a fonte.

Martín e Ayala tinham sido seqüestrados por uma tribo do centro do Iêmen, a etnia Al-Kazem. A libertação foi conseguida graças à mediação de um dirigente tribal. EFE ja/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.