Libertado um dos membros da equipe de Musaví detido nas revoltas

Teerã, 16 set (EFE).- As autoridades iranianas libertaram Javad Emam, um dos colaboradores do ex-primeiro-ministro e líder opositor Mir Hussein Musaví, informou o site Tabnak.

EFE |

A fonte não ofereceu outros detalhes e se limitou a constatar que Emam, destacado membro da plataforma política reformista Organização de Combatentes da Revolução Islâmica, foi posto em liberdade nas primeiras horas de hoje.

O ativista, que fez parte da equipe de campanha de Musaví em Teerã, tinha sido detido durante os protestos contra a reeleição do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, que a oposição denuncia como fraudulenta.

Durante a violenta repressão foram detidas cerca de 4 mil pessoas -segundo números oficiais-, muito deles dirigentes da corrente reformista.

Cerca de uma centena deles - entre os que se encontram vários responsáveis do Governo do anterior presidente Mohamad Khatami - serão julgados após serem acusados de instigar os protestos e participar de uma suposta conspiração urdida por potências estrangeiras para derrubar o regime.

A oposição denuncia que na repressão morreram 72 pessoas, número que negam as autoridades. EFE jm/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG