Líbano registra 1ª morte pela gripe

Beirute, 1 ago (EFE).- O Ministério da Saúde do Líbano anunciou hoje a primeira morte de uma pessoa pela gripe suína no país, depois que os exames médicos confirmaram que estava com o vírus A (H1N1).

EFE |

"O paciente sofria de um câncer linfático avançado, por isso não respondeu ao tratamento, já que sua imunidade era muito fraca", afirmou o ministério, em comunicado.

A vítima, Elias Antoine Nihmatala, de 18 anos, tinha sido hospitalizada 48 horas antes de morrer, na quinta-feira à noite.

Segundo dados oficiais, 162 pessoas foram infectadas pela gripe suína no Líbano. A maioria delas conseguiu superar a doença e outros continuam em tratamento.

As autoridades de saúde libanesas afirmam que a epidemia no país está controlada.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ks/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG