Líbano prende suposto espião do serviço secreto de Israel

Um suposto agente libanês que trabalhava para o Mossad, serviço secreto israelense, foi detido na última quinta-feira na região meridional libanesa de Tiro, informam nesta sexta os jornais Al-Akbar e As-Safir.

EFE |

Durante o interrogatório, o homem, identificado com as iniciais M.C., teria confessado que trabalhava há dois anos para o serviço secreto israelense e que tinha visitado os territórios palestinos em mais de uma ocasião.

O suspeito é natural da cidade de Nabatiye al Fawqa e trabalhava em uma companhia que fornecia comida ao contingente italiano da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul).

O joranal Al-Akbar, que cita fontes dos serviços de segurança, afirma que o suspeito tinha recebido um telefone celular que era utilizado por oficiais israelenses para dar ordens a seus agentes no Líbano, embora tenha se desfeito dele.

Dezenas de pessoas foram presas no Líbano nos últimos anos por supostamente colaborar com Israel.

Leia mais sobre Líbano

    Leia tudo sobre: líbano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG