Líbano nega que Hisbolá tenha 80 mil foguetes como afirma Israel

Beirute, 24 ago (EFE).- Em entrevista ao jornal Daily Star, O ministro de Assuntos Exteriores libanês, Fawzi Salloukh, qualificou hoje de falsas as declarações do presidente israelense, Shimon Peres, que afirma que o Hisbolá possui cerca de 80 mil foguetes.

EFE |

Referindo-se ao décimo relatório do secretário-geral da ONU sobre a resolução 1701 do Conselho de Segurança, Salloukh assegurou que "até agora a Finul (Força Interina das Nações Unidas no Líbano) não forneceu ou não encontrou evidências de novas infraestruturas militares ou tráfego de armas no sul do Líbano".

O texto da 1701 pôs fim ao conflito entre Israel e o Hisbolá, que em 2006 causou mais de 1.200 mortos do lado libanês, em sua maioria civis, e uns 160 do israelense, a maior parte militares.

Este acordo firmou um cessar-fogo imediato, o desarmamento dos grupos armados no Líbano, o desdobramento de um maior número de capacetes azuis no sul e a uma retirada imediata do Estado judeu do território libanês. EFE ks/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG