Líbano: Capacetes azuis estão em alerta diante de possível ataque terrorista

Beirute, 17 dez (EFE).- A Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) se encontra em estado de alerta após ter recebido um relatório que adverte de um possível ataque de terroristas islâmicos contra seus efetivos, disseram hoje fontes militares à Agência Efe.

EFE |

O jornal libanês "Al-Akhbar", que cita uma fonte diplomática européia não identificada, indicou que a advertência foi feita aos capacetes azuis pelas autoridades dos Estados Unidos, que avisaram de um provável ataque suicida da Al Qaeda contra comboios da Finul.

Segundo o jornal, essa força, o Exército e a Polícia libanesa estão em situação de alerta.

Também o jornal "As-Safir" publicou hoje que a Finul informou ao Exército libanês a respeito em um relatório, onde revelou que foram canceladas as visitas de diplomatas europeus ao sul do Líbano, após essas ameaças.

Este jornal indicou que o ataque terrorista poderia ocorrer no período transitório entre a posse do presidente eleito dos EUA, Barack Obama, e a saída de seu antecessor, George W. Bush.

O Governo libanês decidiu a mobilização de 800 efetivos de segurança de reforço em todo o país para as festas de fim de ano.

EFE ks/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG