Paris, 22 jan (EFE).- O primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, apoiou hoje à França a organizar uma conferência de paz sobre o Oriente Médio em Paris, depois de se reunir no Palácio do Eliseu com o chefe do Estado francês, Nicolas Sarkozy.

"A França quer fazer uma conferência da paz em Paris", lembrou à imprensa Hariri, quem disse que o Líbano "oferece total apoio ao presidente da República francesa nesse sentido".

Conforme o primeiro-ministro libanês, "permanecer bloqueado e dizer aos palestinos que nada está ocorrendo" é "inaceitável", por isso aplaudiu a intenção de Sarkozy pelo "avanço" do processo de paz.

Em novembro, Sarkozy recebeu o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e propôs a organização de uma conferência da paz em Paris que reunisse os principais envolvidos no conflito do Oriente Médio.

A visita de Hariri à França é a primeira viagem oficial do primeiro-ministro a um país ocidental desde a formação de seu Governo, no final de 2009, após cinco meses de negociações. EFE jaf/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.