Levantador dos EUA destaca poder de luta contra Brasil

Rio de Janeiro, 26 jul (EFE).- O levantador Lloy Ball, da seleção americana de vôlei, afirmou à Agência Efe que o poder de luta da equipe foi fundamental para a vitória na semifinal da Liga Mundial de vôlei, no Maracanãzinho.

EFE |

"Não jogamos um vôlei bonito, apenas lutamos e lutamos. Às vezes eles faziam um ponto bonito, e nós um feio. Nunca esperávamos vencer o Brasil desta forma", disse o jogador, na zona mista, após a partida.

Ball negou que exista um clima ruim entre brasileiros e americanos fora das quadras. "É uma boa rivalidade, não há raiva, apenas grandes confrontos. Viemos para cá para vencer, mas também com a intenção de enfrentar grandes equipes que estarão em Pequim.

O experiente levantador americano gostaria de enfrentar a Rússia na final por ainda não ter jogado contra o adversário neste torneio, mas não tem preferência.

Para Stanley, um dos destaques ofensivos dos EUA, um resultado como este, ainda mais na casa dos brasileiros, torna mais possível a chance de o país conseguir a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim. EFE plc/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG