Lesionada, judoca Érika Miranda está fora dos Jogos

Redação Central, 5 ago (EFE). - A judoca brasileira Érika Miranda foi cortada da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Pequim após um exame realizado hoje no seu joelho direito.

EFE |

A representante do país na categoria até 52 quilos sofria com uma lesão no local desde antes da viagem à China e foi submetida nesta terça a uma avaliação pelos médicos da Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

A atleta chegou a fazer fisioterapia, mas os especialistas constataram que a recuperação não foi completa. Desta forma, o Brasil estará ausente na categoria, já que Andressa Fernandes, sua reserva, não deve conseguir chegar à China antes do dia 10, quando começam as lutas.

Érika Miranda se destacou nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, quando conseguiu a medalha de prata após um polêmico duelo com a cubana Sheila Espinosa.

Na época, a técnica da equipe feminina de judô do Brasil, Rosicléia Campos, acusou o árbitro dominicano Juan Challas de favorecer Espinosa na final da categoria até 52 quilos, o que gerou uma confusão nas arquibancadas. EFE plc/rd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG