The Washington Post - Mundo - iG" /

Leonard Downie deixa cargo de diretor do The Washington Post

Washington, 24 jun (EFE) - O diretor do jornal The Washington Post, Leonard Downie, deixará o cargo em setembro após 17 anos à frente de um dos principais periódicos americanos, anunciou hoje a publicação. Downie se tornará vice-presidente honorário da empresa que edita o jornal, a Post Co. Até o momento, a editora da publicação, Katharine Weymouth, não anunciou o sucessor de Downie, de 66 anos.

EFE |

Nascido em Ohio, Downie passou a carreira jornalística no "Washington Post", onde tornou subdiretor em 1984.

Em 1991, ele substituiu à frente do jornal o lendário Ben Bradlee, que tinha sido diretor durante o escândalo "Watergate".

O diretor-executivo do Post Co, Donald Graham, indicou que havia escolhido Downie para ficar à frente do jornal porque sabia "que sua avaliação das notícias diárias é soberba, que tem um grande sentido da justiça, um grande critério na hora de selecionar redatores e porque é um grande trabalhador".

Durante seu mandato como diretor-executivo, o "Washington Post" ganhou 25 prêmios Pulitzer, seis deles este ano.

Em 2005, ganhou um desses prêmios após denunciar a existência de prisões secretas da CIA (agência de inteligência americana) no Leste Europeu, uma notícia que o próprio presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, tinha pedido que não fosse publicada.

Mas, ao mesmo tempo, durante o tempo em que ficou à frente do jornal, Downie a circulação cair de 813 mil exemplares de 2000 aos 673 mil atuais.

O site do jornal recebe 9,4 milhões de visitas ao mês.

Downie admitiu, ao se despedir do cargo, que foi "lento em entender a importância da internet", mas terminou por admitir que conseguiu estender o alcance do periódico ao público. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG