Leona Lewis leva soco durante sessão de autógrafos em Londres

Um homem de 29 anos foi preso nesta quarta-feira em Londres após agredir a cantora Leona Lewis durante uma sessão de autógrafos. Leona recebeu um soco na lateral da cabeça e teve que ser atendida por um médico, mas não sofreu ferimentos.

BBC Brasil |

Um porta-voz da cantora disse que ela já estava autografando cópias de sua autobiografia por 90 minutos quando o agressor a atingiu após receber seu autógrafo.

O homem foi imediatamente contido pelos seguranças da livraria, no centro da capital britânica.

As imagens dos seguranças sobre o agressor foram captadas pela câmera de um dos fãs que estavam na loja.

Um homem disse à BBC ter visto todo o incidente. "Ele andou até ela com o livro, Leona assinou e, quando ela olhou para cima, ele simplesmente deu um soco nela. Deu até para ouvir o barulho do impacto", afirmou.

Outra fã contou que o agressor estava rindo, mesmo após ser contido pelos seguranças. "Ele parecia achar tudo engraçado", disse.

O porta-voz da cantora disse depois que ela ficou chocada e triste com o incidente, não somente por causa da agressão, mas também por não ter podido continuar com a sessão de autógrafos.

Leona Lewis ganhou fama internacional após vencer um programa de talentos na TV britânica, em 2006.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG