Uma leoa que havia escapado de sua cerca em um zoológico da região de Sydney teve que ser abatida na terça-feira, depois que dezenas de visitantes assustados pelo animal se refugiaram em edifícios próximos.

A leona, de nove anos e com o nome de Jamelia, escapou de sua jaula no Mogo Zoo, ao sul de Sydney, por uma falha de um dos vigias.

Quando o animal avançava em direção a uma área com visitantas, as autoridades decidiram matar a leoa, informou o porta-voz do zoológico, Jonh Appleby.

Ele acrescentou que os funcionários do estabelecimento estavam muito tristes com a morte do felino, que vivia no zoo desde o nascimento.

ajc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.