Lema do Vaticano para Dia Mundial da Paz de 2010 inclui preservação ambiental

Cidade do Vaticano, 29 jul (EFE).- A mensagem do papa Bento XVI para o próximo Dia Mundial da Paz, 1º de janeiro de 2010, seguirá o lema Se quiser cultivar a paz, preserve a criação, informou hoje o Vaticano.

EFE |

Com o lema, o Pontífice pretende promover a conscientização da estreita relação no mundo globalizado entre a proteção da criação e o bem da paz, afirmou o Vaticano.

"Essa estreita e íntima relação está cada vez mais debilitada, pelos numerosos problemas que afetam o ambiente natural do homem, como o uso dos recursos naturais, a mudança climática, a aplicação e uso da biotecnologia e o crescimento demográfico", afirmou o Vaticano, em explicação sobre a mensagem.

Segundo o Vaticano, se a família humana não sabe enfrentar esses desafios com um renovado sentido de justiça, equidade social e solidariedade internacional "corre-se o risco de semear violência entre os povos e entre as gerações presentes e futuras".

A mensagem reúne, além disso, as indicações contidas na última encíclica do papa, "Caritas in veritate", na qual ressalta que o cuidado com o meio ambiente "deve ser um desafio para a humanidade".

Além disso, o Vaticano explicou que se o homem pretende cultivar o bem da paz, deve favorecer uma renovada conscientização da interdependência que liga todos os habitantes da Terra.

Essa conscientização servirá para eliminar as causas de desastres ecológicos e garantir uma rápida capacidade de resposta quando afetarem povos e territórios.

A mensagem papal, como é tradição, será enviada pelo Vaticano aos Governos de todos os Estados que mantêm relações diplomáticas com a Santa Sé. EFE jl/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG