Leite contaminado causa cristalização renal em chineses, diz OMS

Por Tan Ee Lyn HONG KONG (Reuters) - Algumas crianças chinesas afetadas pelo consumo de leite em pó contaminado com a substância melamina desenvolveram uma cristalização renal, disse um especialista da Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira.

Reuters |

"Nosso entendimento é que não são cálculos renais normais, porque não estão sendo detectados por meio de todas as ferramentas que se usa para detectar cálculos renais, então alguns não estão aparecendo nos raios-X"m disse Anthony Hazzard, consultor regional da OMS para segurança alimentar.

"Acreditamos a esta altura que seja realmente o complexo de melamina e ácido cianúrico formando o que vocês chamam de cristais. Esses cristais podem se formar nos pequenos túbulos , crescem e podem bloquear os túbulos", disse ele por telefone de Manila.

O ácido cianúrico é quimicamente similar à melamina -- uma substância empregada na fabricação de plásticos, e que foi acrescida ao leite para burlar testes de qualidade.

Dezenas de milhares de crianças chinesas sofreram cálculos e outras complicações renais devido ao consumo do leite contaminado, e pelo menos quatro crianças morreram.

Não está claro como as crianças ingeriram o ácido cianúrico. Especialistas dizem que ele pode ter sido acrescido ao leite junto com a melamina, também para burlar os testes, ou pode se formar quando o organismo tenta digerir a melamina.

Especialistas já haviam dito que os cristais renais podem ser mais complicados que os cálculos, especialmente quando um grande número se forma simultaneamente.

Hazzard disse que as crianças estão sendo tratadas principalmente de três formas. "Dependendo da gravidade da situação, podem liberar essas cristais pela urina, ou podem precisar de hospitalização e tratamento com fluidos que permitirão uma melhor liberação desses cristais ou cálculos, ou em alguns casos podem precisar de cirurgia."

Vários produtos chineses registram contaminações nos últimos meses, e por causa do novo caso laticínios e chocolates exportados pela China estão sendo examinados no mundo todo e em alguns casos sendo retirados do comércio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG