Leilão do hotel Watergate fracassa por falta de lances

O leilão do hotel Watergate, parte do complexo que ficou famoso devido ao escândalo que levou à renúncia do presidente americano Richard Nixon em 1974, terminou sem atrair nenhum lance, nesta terça-feira, em Washington. A oferta inicial pela propriedade de 250 quartos, fechada desde 2007, foi estabelecida em US$ 25 milhões, mas nenhum comprador ofereceu o valor determinado.

BBC Brasil |

AFP

Hotel Watergate em Washington

Dessa forma, o banco PB Capital Corp., que já era dono do hotel, manteve o controle sobre ele. Segundo seus advogados, o prédio será novamente colocado à venda no futuro.

De acordo com a repórter da BBC Jane O'Brien, apesar do interesse histórico que o prédio desperta, ninguém se mostrou disposto a investir centenas de milhões de dólares necessários para reativar o hotel.

Crise

Paul Cooper, vice-presidente da casa de leilões Alex Cooper, responsável pelo leilão fracassado, culpou a atual crise econômica pelo que aconteceu.

"Na economia atual o maior desafio é o financiamento, você precisa de um financiamento para terminar um projeto", afirmou.

O vice-presidente da casa de leilões afirmou que cerca de dez interessados se registraram para o leilão e cada um deu um depósito de US$ 1 milhão.

Antes do leilão, Cooper afirmou que redes de hotéis e empresas de desenvolvimento de projetos, americanas e estrangeiras, estavam interessadas no prédio.

Watergate é um termo geral usado para designar uma rede complexa de escândalos políticos entre 1972 e 1974.

Mas também se refere especificamente ao edifício Watergate, em Washington DC, que abriga um hotel e vários escritórios.

Foi nesse prédio que cinco homens foram presos no dia 17 de junho de 1972 ao tentar colocar escutas nos escritórios do Comitê Nacional Democrata.

Este evento gerou um dos piores escândalos políticos da história dos Estados Unidos, que resultou na renúncia do presidente Richard Nixon dois anos depois, em agosto de 1974.


Leia mais sobre Watergate

    Leia tudo sobre: escândalohotelnixonwatergate

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG