Legislativas europeias: direita lidera pesquisas de boca de urna

Os conservadores aparecem neste domingo como os grandes vencedores das eleições legislativas europeias, com vitórias na Alemanha, França e na Áustria, e contra uma esquerda que se preparava para aplicar um novo golpe, segundo várias pesquisas de boca de urna.

Redação com agências internacionais |


Ao final de quatro dias de votações, em que foram convocados às urnas 388 milhões de cidadãos, para eleger 736 deputados do novo Parlamento Europeu, as pesquisas apontam que a direita renovará sua maioria na casa, contra os socialistas, em segundo lugar.

Os resultados oficiais começam a sair às 17h de Brasília.

Na Alemanha, o maior país dos 27 da União Europeia (UE), que tem 99 eurodeputados, os conservadores da chanceler Angela Merkel lideram claramente com 38% dos votos, muito à frente dos social-democratas, que aparecem com seus piores resultados (quase 20%), segundo pesquisa de boca de urna.

Em outro grande país, europeu, a França, com 72 deputados, a direita do presidente francês, Nicolas Sarkozy, também venceu, segundo as pesquisas, com quase 27% das cédulas, contra uma oposição muito dividida.

O partido conservador austríacos, na oposição, também lidera com 29,6% , seguido dos social-democratas no poder (24,7%), segundo estimativas da televisão nacional ORF.

O partido do eurocético Hans-Peter Martin, com 18% dos votos, conseguia 4 pontos a mais do que em 2004 e a extrema direita melhorava também seus resultados.

Na Bulgária, na Hungria e bna Eslovênia as pesquisas de boca de urna davam vitória também á direita.

Somente na Grécia e na Dinamrca, os eleitores haviam votado majoritariamente à oposição de socialistas e social-democratas, respectivamente.

O índice de participação nas eleições legislativas europeias ficou em apenas 43,01%, contra 45,4% em 2004, o que representa um recorde de 56,99% de abstenção, anunciou na noite deste domingo o Parlamento europeu.

França

A União por um Movimento Popular (UMP), partido do presidente francês, Nicolas Sarkozy, venceu hoje as eleições europeias no país como 27,4% dos votos, seguida do Partido Socialista (PS), com 16,96%, e do Europe Ecologie, com 15,02%, segundo dados oficiais provisórios.

    Leia tudo sobre: eleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG