Legisladores venezuelanos fixam para janeiro 2º debate sobre reeleição

Caracas, 10 dez (EFE) - A segunda e definitiva discussão da proposta de emenda constitucional sobre a reeleição presidencial ilimitada na Venezuela ocorrerá no dia 5 de janeiro na Assembléia Nacional (AN) e, se for aprovada, o referendo correspondente poderia ocorrer em fevereiro de 2009. O deputado e advogado constitucionalista Carlos Escarrá confirmou hoje que esta segunda discussão será realizada no dia 5 de janeiro e, se a emenda for aprovada, passará ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE), que tem 30 dias para organizar e convocar o referendo. A AN, de maioria governista, fixou nesta terça para 18 de dezembro a primeira discussão em torno da emenda constitucional, que, se for aprovada, permitiria ao presidente venezuelano, Hugo Chávez, concorrer a um terceiro mandato nas eleições de 2012, algo proibido pela atual Constituição, de 1999. A presidente da AN, Cilia Flores, assinalou durante o ato de terça que o projeto de emenda proposto recolhe não só o sentimento de 146 deputados (...

EFE |

), mas o sentimento do povo venezuelano, do poder popular que já está ativado na rua".

A oposição venezuelana qualifica de "ilegal e inconstitucional" a proposta de emenda, com o argumento de que já foi incluída entre os pontos da reforma constitucional promovida por Chávez e submetida a consulta popular em dezembro de 2007, que foi rejeitada por uma pequena margem. EFE afs/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG