depoimento obrigatório de marido de Palin - Mundo - iG" /

Legisladores do Alasca aprovam depoimento obrigatório de marido de Palin

Washington, 12 set (EFE).- O Legislativo do Alasca aprovou hoje a proposta de depoimento obrigatório por parte de Todd Palin, marido de Sarah Palin, candidata republicana à Vice-Presidência dos Estados Unidos, no âmbito de uma investigação sobre um suposto abuso de poder da atual governadora do estado americano.

EFE |

Fontes legislativas locais disseram que a ordem inclui outras 12 pessoas envolvidas no caso, que investiga a demissão de Walt Monegan, comissário de segurança pública do Alasca.

Segundo denúncias, Sarah Palin teria ordenado que Monegan deixasse suas funções por se negar a demitir o agente Mike Wooten depois de este ter se divorciado da irmã da governadora após processo judicial.

A iniciativa legislativa foi aprovada por um comitê legislativo por três votos contra dois.

A decisão do comitê foi divulgada depois de o Gabinete de Palin ter ameaçado na última quinta-feira tomar medidas judiciais para bloquear a investigação.

O problema tinha passado despercebido até que o candidato presidencial republicano John McCain anunciou no final do mês passado que Palin seria sua companheira de chapa nas eleições gerais de novembro.

Fontes legislativas indicaram que, essencialmente, o caso apurará se Palin tirou proveito de suas faculdades de governadora para resolver um problema de caráter pessoal. EFE ojl/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG