Larijani: EUA devem jogar xadrez e não boxe com o Irã

O presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, pediu neste sábado aos Estados Unidos que joguem xadrez e não boxe com o Irã.

AFP |

"Os Estados Unidos devem jogar xadrez e não boxe em sua aproximação com o Irã", declarou Larijani, segundo a agência ISNA.

"Os problemas entre Irã e Estados Unidos não são problemas emocionais e não serão solucionados com discursos. Os Estados Unidos devem mudar na prática sua atitude em relação ao Irã", acrescentou.

Larijani acusou os Estados Unidos de violação aos direitos do povo iraniano e de ter uma atitude violenta e ilógica em relação a Teerã.

Na segunda-feira passado, o novo presidente americano, o democrata Barack Obama, disse esperar que "nos próximos meses" aconteçam "aberturas" entre Washington e Teerã que permitam "sentar, frente a frente, ao redor de uma mesa".

Um dia depois, o presidente iraniano, Mahmud Ahmadinjead, respondeu que seu país está disposto a dialogar com os Estados Unidos, mas em um clima de "igualdade e respeito mútuo".

Na quarta-feira, Ahmadinejad afirmou, no entanto, que Obama terá dificuldades para aplicar sua política de "mudança" por causa da pressão "sionista".

sgh/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG