Larijani diz que Governo iraniano deve responder por ataque a universidade

Teerã, 16 jun (EFE).- O presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, afirmou que o Ministério do Interior deverá responder pelo ataque registrado dias atrás no alojamento estudantil da Universidade de Teerã.

EFE |

"O Ministério do Interior é responsável por isto e deve responder por isto. O Parlamento observa de perto o caso", disse Larijani em declarações à agência de notícias "Isna".

Segundo o relato de vários grupos de estudantes à Agência Efe, no fim de semana passado dezenas de policiais antidistúrbios e milicianos islâmicos Basij invadiram, durante a noite, o alojamento estudantil, onde teriam matado quatro estudantes, três homens e uma mulher.

A notícia sobre as mortes foram negadas pelo reitor da Universidade, Farhad Rahbar, em declarações à "Irna".

Larijani, considerado um dos críticos ao Governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad, afirmou que ações deste tipo "não fazem sentido".

Desde sábado o Irã é palco de violentos choques entre milicianos islâmicos Basij e forças de segurança e grupos de opositores que denunciam fraude e exigem a repetição das eleições presidenciais de sexta-feira passada.

Os confrontos causaram, na segunda-feira, a morte de sete civis, aparentemente por disparos de grupos Basij na praça de Azadi, onde, antes, havia um milhão de pessoas participando de atos em apoio à oposição. EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG