Uma lancha veloz utilizada por ecologistas australianos para seguir os baleeiros japoneses ficou destruída após um confronto com pescadores nipônicos na Antártica, informa o jornal on-line The Age.

O "Gil Ady", uma embarcação futurista em carbono e kevlar, capaz de alcançar 93 km/h, se partiu em dois e afundou após um choque no mar, diante da Commonwealth Bay, segundo o jornal.

Os seis membros da tripulação do "Ady Gil" foram resgatados ilesos, segundo Paul Watson, diretor da campanha anual organizada pelo grupo Sea Shepherd contra a pesca da baleia.

Sob a alegação de pesquisa científica, o Japão burla a moratória internacional sobre a caça das baleias, em vigor desde 1986, o que provoca a revolta de Austrália e Nova Zelândia.

th/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.