Lafontaine se retira como líder da Esquerda alemã

Berlim, 23 jan (EFE).- O ex-social-democrata e até então líder do partido A Esquerda, Oskar Lafontaine, anunciou hoje sua dupla retirada como presidente da legenda e deputado federal, o que precipita a busca de um substituto à frente desta força.

EFE |

Lafontaine, de 66 anos e afastado há dois meses por doença, afirmou que deixará sua cadeira e não se apresentará à reeleição como presidente no congresso de do A Esquerda, partido que liderou desde sua fundação, em 2007.

A operação de câncer à qual se submeteu dois meses atrás o fez tomar essa decisão, e não as "discussões internas" sobre o rumo do partido, disse o líder e impulsor da legenda.

A decisão de Lafontaine deixa o partido sem chefia visível, já que o copresidente, Lothar Bisky tinha anunciado de antemão que não se apresentaria à reeleição, para se concentrar em sua função atual de eurodeputado. EFE gc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG