Ladrões acham pornografia infantil em casa e denunciam dono

Jovens roubaram CDs guardados em um celeiro da cidade de Delhi, na Califórnia, e encontraram material pornográfico

BBC Brasil |

selo

Dois ladrões que roubaram CDs de um celeiro em Delhi, na Califórnia, acabaram denunciando o dono à polícia após encontrar imagens de pornografia infantil, segundo relatos da mídia local.

Um rapaz de 19 anos e um menor de idade invadiram a propriedade de Kraig Stockard em setembro e roubaram cerca de 50 CDs que eles acreditavam ser virgens.

Quando os jovens foram usar os CDS, descobriram que mais de 30 deles continham pornografia infantil. "Um parente convenceu os dois suspeitos a fazer a denúncia e eles entraram em contato com a polícia", disse Tom McKenzie, do Departamento de Polícia de Merced County, ao canal de TV Fox40 Sacramento.

Stockard inicialmente teria negado ser o dono dos CDs, apesar de ele próprio ter denunciado o furto à sua propriedade à polícia, mas teria acabado admitindo que o material era seu.

Computadores

Investigadores conseguiram um mandado de busca e apreenderam três computadores e três laptops na propriedade de Stockard. A polícia não divulgou o que foi encontrado, mas disse acreditar que ele vinha baixando fotografias e filmes de conteúdo sexual envolvendo crianças desde 2004.

Depois de ser preso por posse de pornografia infantil, Stockard pagou uma fiança de US$ 25 mil (R$ 45 mil) e foi libertado. Os dois jovens que roubaram os CDs não foram presos.

"Nós, na verdade, não prendemos os suspeitos do furto. Eles eram, obviamente, o menor dos males", disse o policial McKenzie à Fox40.

    Leia tudo sobre: califórniaeuapornografiaroubo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG