Ladrão hipnotiza vendedora e rouba joias de diamante

A polícia indiana procura um ladrão que teria hipnotizado a vendedora de uma joalheria e fugido com colares e pulseiras de diamantes avaliados em US$ 160 mil (cerca de R$ 347 mil).

BBC Brasil |

De acordo com os policiais, um homem teria visitado a joalheira Seres na tarde de sábado, em Mumbai, apresentando-se como o proprietário do Royal China Hotel, que ficava a poucos metros da loja.

O homem disse que gostaria de dar as joias de presente a uma amiga que iria almoçar com ele no hotel e pediu à vendedora que levasse as peças até o local, onde ele pagaria por elas.

Após o consentimento do dono da joalheria, os dois seguiram para o hotel, onde a vendedora mostrou as peças ao suposto cliente.

"Quando a vendedora chegou ao hotel, o acusado atuou como se fosse o dono do local", afirmou o inspetor de polícia Prakash George ao jornal Daily News and Analysis.

"Quando Purswami mostrava as joias, ele pediu que detalhasse por escrito as peças. Neste momento a hipnotizou e fugiu com as peças mesmas", completou.

Segundo os policiais, a joalheria foi aberta recentemente e o proprietário teria consentido que as joias deixassem o local porque pensou que estaria fazendo "um grande negócio", contou a polícia ao jornal.

Leia mais sobre: hipnose

    Leia tudo sobre: índia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG