Laboratório argentino lança produção de antiviral para gripe

Buenos Aires, 17 jul (EFE).- O laboratório Sidus, de capital argentino, disse hoje que iniciou a produção na Argentina de oseltamivir, indicado para o tratamento do vírus A (H1N1) da gripe suína, de alta circulação neste país.

EFE |

A Sidus destacou, em comunicado, que foi um dos laboratórios que conseguiram a licitação convocada pelo Governo argentino e que fornecerá ao Ministério da Saúde argentino 1,4 milhão de cápsulas (140 mil doses de tratamento) do remédio.

Além disso, a empresa farmacêutica argentina produzirá um excedente para abastecer outros canais de distribuição, "de maneira a aproximar este produto à população", disse a companhia.

O remédio é produzido na unidade farmacêutica que a Sidus tem na cidade de Pilar, na província de Buenos Aires.

Na terça-feira, a Argentina informou sobre 137 mortos pela gripe suína, e com isso superou o México e se transformou no segundo país do mundo com maior quantidade de mortes pela doença, depois dos Estados Unidos.

Segundo as autoridades argentinas, há 3,056 mil casos confirmados por amostra de laboratório, mas os infectados poderiam chegar a 100 mil.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE nk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG