Kouchner quer que ONU adote resolução que permita envio de força à Geórgia

Paris, 17 ago (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores francês, Bernard Kouchner, espera que as Nações Unidas possam adotar, amanhã mesmo, uma resolução sobre o conflito da Geórgia que permita enviar o mais rapidamente possível uma força internacional de manutenção da paz.

EFE |

Em entrevista publicada hoje pelo jornal francês "Le Journal du Dimanche", Kouchner acrescenta que a resolução deverá afirmar também a integridade territorial da Geórgia.

Kouchner reconhece que a trégua "é frágil" e recomenda cautela.

O fato de que as tropas russas não tenham abandonado ainda a Geórgia "é muito inquietante", admite na entrevista.

"O cessar-fogo é frágil, como todas as tréguas. Há décadas sei muito bem que os maiores abusos são cometidos em períodos de cessar-fogo. É absolutamente necessário que continuem as pressões diplomáticas e políticas. Estamos empenhados nisso", disse. EFE jms/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG