O ministro francês das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, afirmou que não há dinheiro da França na libertação de Ingrid Betancourt, em entrevista que será publicada neste domingo pelo Le Journal du Dimanche.

A Rádio Suíça Romanda (RSR) informou na véspera que as Farc receberam 20 milhões de dólares para liberar Ingrid e outros 14 reféns, incluindo três cidadãos americanos.

Perguntado sobre se a França pagou pela libertação de Ingrid, o chanceler respondeu: "Absolutamente não. Jamais falamos em dinheiro. O presidente (da Colômbia, Álvaro) Uribe não fez qualquer menção a dinheiro e, claramente, não houve dinheiro francês".

"Foi uma operação de infiltração, habilmente e longamente preparada", afirmou Kouchner.

DS/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.