Kouchner chega à Colômbia para tratar do caso Betancourt

O chanceler francês, Bernard Kouchner, chegou na tarde desta segunda-feira à Colômbia, primeira etapa da viagem que incluirá ainda Equador e Venezuela, para tentar a libertação da franco-colombiana Ingrid Betancourt e de outros reféns em poder das Farc, constatou a AFP.

AFP |

Kouchner chegou a Bogotá em um vôo comercial por volta das 15H30 local (17H30 Brasília).

O chanceler francês será recebido ainda esta noite por seu homólogo colombiano, Fernando Araújo, e pelo presidente, Alvaro Uribe, no palácio presidencial de Bogotá.

Kouchner também se reunirá com Yolanda Pulecio, mãe de Betancourt, em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) desde 23 de fevereiro de 2002.

Betancourt, três cidadãos americanos, três políticos e dezenas de militares e policiais colombianos integram o grupo de 39 reféns que a guerrilha propõe trocar por 500 rebeldes presos.

pro/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG