Kouchner acompanha retirada de tropas russas da Geórgia

Tbilisi, 10 out (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores francês, Bernard Kouchner, visitou hoje a zona de segurança adjacente às regiões separatistas georgianas da Ossétia do Sul e da Abkházia, a fim de corroborar a retirada das tropas russas.

EFE |

Kouchner, que chegou ontem à noite a Tbilisi, subiu a bordo de um blindado e patrulhou junto aos observadores civis da União Européia (UE) a região de Gori, próxima à Ossétia.

O chanceler, que confessou ter escutado "histórias horríveis" dos georgianos com quem conversou, assegurou ao povo local que "toda Europa está com eles".

Nessa que é a terceira visita de Kouchner ao país nos últimos dois meses, o ministro também se familiarizou com o trabalho da missão de observadores europeus que substituem as forças de paz russas.

Após a retirada das tropas russas, espera-se que nos próximos dias retornem cerca de 40 mil deslocados georgianos.

Observadores civis europeus, que não levam armas de fogo e permanecerão na zona pelo menos um ano, assumiram na quinta-feira as funções de segurança na zona.

Kouchner se reunirá nas próximas horas com o presidente georgiano, Mikhail Saakashvili, na base naval de Batumi. EFE io/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG