Kosovo ordena abertura de suas primeiras embaixadas

Pristina, 18 jun (EFE).- O presidente do Kosovo, Fatmir Sejdiu, ordenou hoje a abertura das primeiras embaixadas do país, que se autoproclamou independente em 17 de fevereiro, apesar da objeção sérvia.

EFE |

Os países que terão embaixadas de Kosovo serão Estados Unidos, Reino Unido, França, Itália, Bélgica, Áustria, Suiça e Albânia, conforme o decreto assinado hoje por Sejdu.

Em comunicado, o Governo afirma que "o presidente, em um futuro próximo, tomará outras decisões sobre mais missões diplomáticas".

O sinal verde para a escolha dos primeiros representantes diplomáticos acontece depois que no domingo passado, quatro meses após a declaração unilateral de independência, entrasse em vigor a nova Constituição do Kosovo.

Até hoje, 43 países reconheceram a soberania do novo Estado, porém, países como Sérvia e Rússia, continuam considerando Kosovo como uma província sérvia.

Belgrado e Moscou defendem que a independência kosovar é "ilegal".

Espera-se que a primeira missão diplomática de Kosovo seja aberta esta mesma semana em Tirana pelo primeiro-ministro, Hashem Thaçi, quem inicia amanhã uma visita de dois dias à capital albanesa.

Para a próxima semana, é esperada a nomeação dos primeiros novos embaixadores kosovares. EFE am/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG