Kissinger diz que EUA têm de negociar diferenças diretamente com Irã

Londres, 24 mai (EFE).- O ex-secretário de Estado americano Henry Kissinger afirmou que os Estados Unidos devem negociar diretamente com o Irã todas as diferenças entre os dois países.

EFE |

Em uma entrevista ao diário "Financial Times", Kissinger afirmou que o Irã "tem de optar entre ser uma nação ou uma causa".

"Se o Irã se considera uma nação, poderá ter um lugar respeitado no sistema internacional", disse.

"Qualquer esforço sério para superar as diferenças entre os Estados Unidos e o Irã deve começar com uma negociação bilateral na qual cada uma das partes tente compreender a percepção da outra", afirmou.

Em relação ao Iraque, o ex-secretário de Estado se mostrou contrário a uma retirada americana, pois "isso encorajaria os elementos radicais de todos os vizinhos árabes".

"Isso nos impediria de manter nossa presença no Afeganistão e até mesmo nossa posição atual no Paquistão", afirmou. EFE jr/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG