Ki-moon pede à UE que dê exemplo sobre o clima

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu aos europeus, nesta sexta-feira, que sejam um exemplo para o restante do mundo e não renunciem a seu plano para enfrentar o aquecimento global, devido à crise econômica e financeira.

AFP |

"Uma crise não deve servir de obstáculo para a ação sobre outra crise", afirmou Ki-moon, em um comunicado.

A União Européia (UE) "deve continuar mostrando o caminho em matéria de aquecimento global, incluindo seu ambicioso plano de ação sobre a energia e o clima", frisou.

O secretário-geral da ONU avaliou que esse plano "tem o potencial de gerar um crescimento verde e de criar milhões de novos empregos".

Afirmando que os países em desenvolvimento "observam os países industrializados para que mostrem o caminho", Ki-moon disse que os países centrais devem se mostrar "dispostos a fazer mais para financiar as tecnologias limpas e para ajudar os países em desenvolvimento a se adaptar aos efeitos inevitáveis da mudança climática".

A conferência sobre o clima de Poznan "é uma oportunidade para enviar a mensagem correta", concluiu.

O secretário-executivo da Convenção da ONU sobre Mudança Climática (UNFCCC), Yvo De Boer, convocou os 190 Estados-membros a comparecer em Poznan, no oeste da Polônia, no evento que vai de 1º a 12 de dezembro.

hc/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG