Ki-moon nomeia dois enviados especiais para aquecimento global

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nomeou duas novas personalidades para que o ajudem a dialogar com os governos sobre os meios de combater o aquecimento global, anunciou sua assessoria de imprensa, em nota divulgada nesta quinta-feira.

AFP |

São eles: o ex-presidente de Botsuana Festus Mogae e o ex-chanceler macedônio Srgjan Kerim. Este último acaba de concluir um mandato de um ano como presidente da Assembléia-Geral da ONU.

Esses novos enviados especiais da ONU para a mudança climática se unem, nessa função, ao ex-presidente chileno Ricardo Lagos e à ex-primeira-ministra norueguesa Gro Harlem Brundtland, designados em maio de 2007.

Seu papel será, fundamentalmente, "ajudar Ki-moon em suas consultas com os chefes de Estado, ou de Governo, e com as demais entidades interessadas na forma de fazer avançar, em Poznan, as negociações multilaterais sobre mudança climática", completa o texto.

A cidade polonesa de Poznan sediará, em dezembro, uma conferência ministerial sobre aquecimento global, a última antes do grande encontro de Copenhague.

hc/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG