Kim Jong-Il teria inspecionado unidade do Exército norte-coreano

O líder norte-coreano Kim Jong-Il inspecionou uma unidade da Aeronáutica, anunciou neste domingo a agência de notícias oficial norte-coreana KCNA, relatando assim o que seria a sexta aparição pública do dirigente, objeto de persistentes rumores sobre a degradação de seu estado de saúde.

AFP |

Kim Jong-Il listou as tarefas a serem cumpridas para reforçar a capacidade de combate desta unidade, a Unidade 1016 da Aeronáutica, e se disse satisfeito com o estado de preparação atual da mesma "para enfrentar os movimentos agressivos dos inimigos", escreveu a agência, sem divulgar a data em que teria acontecido esta inspeção.

Segundo diversas informações que circulam no exterior, Kim Jong-Il, 66 anos, teria sofrido um AVC em meados de agosto. Dirigentes sul-coreanos declararam desde então que a saúde do líder norte-coreano tinha melhorado.

Em meados de novembro, o canal japonês Tokyo Broadcasting System (TBS) anunciou em seu site que o dirigente norte-coreano teve um segundo AVC em outubro. A TBS afirmou ter recebido a informação de uma fonte americana em missão na Coréia do Sul.

"No fim de outubro, ele sofreu um segundo AVC, que afetou os movimentos de seu braço e de sua perna esquerdas e prejudicou sua elocução", frisara a TBS, acrescentando que o líder norte-coreano se encontrava então em um hospital de Pyongyang.

A saúde de Kim Jong-Il, que não designou sucessor, é objeto de muitos rumores desde que ele não assistiu, em 9 de setembro, ao grande desfile que marcou o 60º aniversário do regime comunista.

Kim também não assistiu, em 30 de outubro, ao funeral do ex-vice-presidente Pak Song-Chol.

As autoridades sul-coreanas pensam que ele sofreu um AVC, mas que continua no poder.

sm/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG