Kim Jong-Il ausente de funeral de ex-vice-presidente

O líder norte-coreano Kim Jong-Il, cuja saúde é objeto de intensas especulações, não compareceu na quinta-feira ao funeral de Estado de um ex-vice-presidente, revelaram autoridades sul-coreanas.

AFP |

Acordo Ortográfico "Confirmamos que o presidente Kim não assistiu ao funeral de Pak Song-Chol", declarou à imprensa o porta-voz do ministério sul-coreano da Unificação, Kim Ho-Nyoun.

Falecido aos 95 anos, Pak Song-Chol foi muito ligado ao pai de Kim Jong-Il, Kim Il Sung, o fundador da Coreia do Norte, que morreu em 1994.

AP

Kim Jong-il em foto de 2005

A imprensa local anunciou a morte na quarta-feira e que Kim Jong-Il enviou uma coroa de flores ao velório, mas não informou se esteve presente.

A saúde de Jong-Il, 66 anos, e sua sucessão são objetos de boatos desde sua ausência, em 9 de setembro, do desfile militar que celebrou os 60 anos do regime de Pyongyang.

Autoridades americanas e sul-coreanas acreditam que Jong-Il sofreu um derrame em meados de agosto, mas permanece no poder.

Por outro lado, o neurocirurgião francês François-Xavier Roux desmentiu formalmente esta semana que teria viajado à Coréia do Norte para ver o presidente Kim Jong-Il.

Já o primeiro-ministro japonês Taro Aso afirmou na terça-feira, com base em relatórios do serviços de inteligência, que o líder norte-coreano provavelmente estava hospitalizado, mas prosseguia com capacidade de tomar decisões.

Leia mais sobre Kim Jong-il

    Leia tudo sobre: coréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG