Khamenei volta a denunciar o envolvimento de estrangeiros em distúrbios

O guia supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, voltou a acusar os inimigos externos da República Islâmica de ter apoiado, através dos meios de comunicação, os distúrbios posteriores à reeleição do presidente Mahmud Ahmadinejad.

AFP |

"A intervenção dos estrangeiros e, em particular, de seus meios de comunicação é muito clara, mas sua pretensão de que não conseguem intervir nos assuntos internos é un sianl de sua desonra", declarou Khamenei, em um discurso pronunciado ante os dirigentes do país.

O guia supremo se referia às manifestações de protestos ocorridas depois da reeleição do presidente ultraconservador Mahmud Ahmadinejad e deixaram 20 mortos, segundo cifras oficiais.

sgh/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG