Khamenei diz que Irã continuará programa nuclear, com diálogo ou confronto

Teerã, 30 jul (EFE).- O líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, advertiu hoje que o Irã seguirá adiante com suas atividades nucleares, com o diálogo ou com o confronto, mas insistiu em que o programa iraniano é pacífico, segundo a agência Isna.

EFE |

Khamenei expressou esta postura em reunião com embaixadores de países islâmicos por ocasião de uma festividade muçulmana.

O líder iraniano considerou que Maomé "foi um exemplo da resistência em condições difíceis", e disse que "os iranianos seguirão o modelo".

"O grande povo do Irã, seguindo este modelo (a resistência do profeta), continuará seu caminho e estará preparado para tudo, seja o dialogo ou o confronto", afirmou o líder supremo iraniano.

Em 21 de julho, os Estados Unidos consideraram que o Irã não leva a sério as negociações com Ocidente para solucionar a disputa envolvendo o programa nuclear iraniano, e advertiu a Teerã que tomará novas medidas punitivas se não suspender o enriquecimento de urânio.

O porta-voz do Departamento de Estado, Sean McCormack, advertiu a Teerã que "tem que escolher entre a cooperação ou o confronto", em referência aos planos atômicos iranianos.

"Sabemos o que estamos fazendo, e sabemos para onde vamos e não voltaremos atrás", disse Khamenei, o homem que tem a última palavra no Irã, segundo a "Isna".

Apesar de tudo, disse que o Irã apóia o diálogo, não procura a bomba atômica, e que seu objetivo é ter acesso a tecnologia nuclear para gerar energia elétrica. EFE msh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG