Teerã, 19 jun (EFE).- O líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, acusou hoje os inimigos do Islã de tentar provocar inquietação entre os muçulmanos, durante seu sermão da sexta-feira na Universidade de Teerã, uma semana depois das eleições denunciadas como fraudulentas pela oposição.

EFE msh/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.